Nota de Apoio e Solidariedade aos Jornalistas Alagoanos

A Associação dos Oficiais Militares de Alagoas – ASSOMAL vem por meio desta nota manifestar total apoio e solidariedade aos jornalistas alagoanos. A paralisação da categoria é um ato de resistência contra a redução em 40% de seu piso salarial, mas, sobretudo, reflete a luta pela defesa da dignidade destes profissionais, de seus familiares e da população de Alagoas.

Seja nas plataformas digitais, na TV e no rádio, como também nos periódicos impressos, o jornalismo de qualidade produz e divulga informações que ajudam as pessoas a formar sua opinião em determinado assunto. É o trabalho do jornalista que alicerça o fortalecimento de valores democráticos e a construção de uma consciência cidadã que são vitais para o convívio harmônico em sociedade.

A greve dos jornalistas em nosso Estado já completou uma semana e ganhou visibilidade nacional. O Jornalismo é um dos pilares para edificar uma sociedade democrática! O prejuízo causado à população é imensurável, pois os sites de notícias estão desatualizados e os telejornais locais repletos de matérias produzidas fora de Alagoas.

Parabenizamos a ação enérgica do Ministério Público do Trabalho (MPT) na questão e torcemos para que os grandes grupos de comunicação alagoano e os jornalistas solucionem o impasse que motivou a deflagração da greve.

Maceió-Alagoas, 03 de julho de 2019.

Diretoria Executiva da ASSOMAL

Divulgue em sua rede social