Projeto Assomal Itinerante é lançado na Academia de Polícia Militar de Alagoas

Na manhã desta quinta-feira (28), o presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas, coronel J.Cláudio Nascimento, iniciou, na Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello – APMSAM,  o projeto Assomal Itinerante. A iniciativa foi idealizada para estreitar o contato com o associado militar, assim como com os comandantes de unidades, para atualizá-los sobre as ações realizadas para fortalecimento das prerrogativas militares. A comitiva da Entidade foi recepcionada pelo comandante da APMSAM, coronel Carlos Luna. 49 cadetes do 2° ano do Curso de Formação de Oficiais – CFO participaram do evento.

Na oportunidade, foi esclarecido aos cadetes o contexto das ações – judiciais e administrativas, realizadas pela Associação para empoderamento da categoria, dentre elas, a adequação salarial dos cadetes, a nova Lei de Promoção dos militares estaduais e a saída das corporações do Comitê de Planejamento Orçamentário e Financeiro – CPOF. “Muitos ruídos na comunicação deturpam algumas ações realizadas pela Assomal e neste momento esclarecemos e respondemos a demanda de nossos sócios”, ressalta coronel J.Cláudio.

O diretor-secretário,  tenente-coronel Olegário Paes, e o advogado Ciro Correia – do corpo jurídico da Assomal pontuaram as fases do processo n° 0708580-17.2018.8.02.0001 e sua similaridade com a ação vitoriosa que englobou a turma de aspirantes 2018, quando cadetes.  “Sabemos da importância de dar celeridade a este processo, haja vista, interferir diretamente na estrutura familiar dos cadetes e seus dependentes. Estamos atentos e fazendo gestão para que tenhamos êxito”, afirma TC Paes.

A primeira reunião do Assomal Itinerante teve a presença do comandante da APMSAM, coronel Carlos Luna, do comandante do Corpo de Alunos, major Pantaleão, dos capitães Josileide e Veloso, além do comandante do pelotão dos cadetes, tenente Grangeiro. “Este momento é salutar, pois devido ao cotidiano funcional do curso, muita das vezes, o cadete fica aquém de informações estratégicas para seu desenvolvimento funcional”, enaltece coronel Luna.

Divulgue em sua rede social