Movimento Unificado dos Militares de Alagoas convoca categoria para participar da última sessão do ano da Assembleia Legislativa nesta quarta (19) às 14h30

Os representantes das associações militares que integram o Movimento Unificado da categoria convocam os policiais e bombeiros militares para se fazerem presentes na última sessão do ano da Assembleia Legislativa de Alagoas, nesta quarta-feira (19) a partir das 14h30. Na sessão entrará em pauta a emenda do Deputado Francisco Tenório ao projeto de lei nº 595/2018 que descaracteriza a mensagem original do Chefe do Poder Executivo aumentando de 62 a 65 anos a idade limite de permanência na ativa.

A emenda do parlamentar acaba com a reserva compulsória do tempo máximo de 35 anos no serviço ativo e os 05 anos no posto de coronel (contando este com o tempo de 30 anos de serviço prestados às corporações). Tal iniciativa contraria o projeto de lei original que é resultado de um trabalho coletivo, executado pelos comandantes-gerais das Corporações e representantes classistas, para prover proteção aos militares que laboraram durante a vida toda em defesa da sociedade e ainda garantir a ascensão profissional àqueles que continuam no serviço ativo.

Para os líderes é importante que a presença maciça da categoria seja percebida no plenário da casa de Tavares Bastos, pois as mudanças trazidas pela emenda parlamentar é nociva às categorias e a sociedade. “Será o momento da tropa mostrar sua insatisfação com a emenda que será apresentada pelo deputado, pois seu efeito nas corporações será de completa estagnação funcional”, declaram.

Divulgue em sua rede social