WhatsApp Image 2017-12-15 at 08.14.15

Governador Renan Filho polvilha fel no natal do militar Alagoano e amplia pacote de maldades de final de ano.

Quando tudo parecia ruim, em relação a fluxo da carreira militar no Estado de Alagoas, com a lambança da perda de prazo do veto do executivo, entre o Palácio Zumbi dos Palmares e a Casa de Tavares Bastos, que resultará na promulgação da Lei Francisco Tenório, as associações militares foram surpreendidas com algo ainda mais nefasto. Ocorre que ao monitorarem os embargos de declaração interpostos pelo Ministério Público, ao acórdão da Ação Declaratória de Inconstitucionalidade da Lei 7.656/2014 – Lei de promoção da PMAL, depararam-se com as contrarrazões ao embargos declaratórios, assinado pelo governador Renan Filho, pedindo a declaração de inconstitucionalidade de toda e qualquer modalidade de promoção prevista pela Lei Estadual 6.514/2004, atual lei de promoção do militar estadual em vigor, que dispense a prévia existência de cargo vago, ou seja, a aniquilação da promoção por tempo de serviço, bravura, pós morte e ressarcimento de preterição. É mole?
Vocês companheiros Soldados preparem-se para irem para casa aos 30 anos de serviço na graduação de soldado, independente dos interstícios previstos na legislação.
Não fosse ainda a defasagem de 10.67% do subsídio referente a falta de correção do IPCA de 2015, a leniência da nova lei de promoção que morgana na PGE há cerca de 03 meses e os requerimentos de promoções por tempo de serviço que se encontram dormindo há meses na mesa da Seplag aguardando despacho para efetivação e garantia do direito do militar.

Esse é o reconhecimento do governo Renan Filho ao militar estadual por uma vida de trabalho dedicada a sociedade!

Obrigado, governador!

Att.: ASSOMAL!

Divulgue em sua rede social
WhatsApp Image 2017-12-07 at 19.38.39

Presidente da ASSOMAL é condecorado com a maior comenda da Polícia Militar do Estado de Rondônia

O presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas- ASSOMAL tenente coronel José Cláudio do Nascimento recebeu nesta quinta-feira (7), no gabinete do comandante geral da PMAL a medalha do mérito Forte do Príncipe da Beira, maior honraria outorgada pela Polícia Militar de Rondônia-PMRO. Concedida ao coronel em reconhecimento aos serviços prestados a corporação.

O título é originário dos primogênitos dos príncipes do Brasil, na linha sucessória, e representado pelo Real Forte Príncipe da Beira, a maior edificação militar portuguesa fora da Europa, localizado no Estado de Rondônia. A comenda foi outorgada no dia 3 do corrente mês ao tenente coronel José Cláudio, mas só hoje foi entregue.
O comandante geral coronel Marcos Sampaio participou da cerimônia de condecoração juntamente com o Coronel da Polícia Militar de Rondônia- PMRO Christiano Silva Lisbôa – Presidente da Associação dos Oficiais Militares de Rondônia, que representou o comandante geral da PMRO coronel Ênedy Dias de Araujo.

Para o presidente da associação tenente coronel J. Cláudio esse prêmio é de todos que fazem parte da direção da assomal “o reconhecimento é fruto do trabalho sério e da representatividade de toda diretoria da entidade, com quem divido a glória da honraria.”
O presidente continua,
”oportunamente gostaria de agradecer ao Exmº Sr. coronel Ênedy, comandante geral da PMRO, na pessoa do Sr. Coronel Lisbôa, pela deferência, ao tempo em que desejo um feliz Natal ao povo rondoniense.”
Finaliza o coronel.

Divulgue em sua rede social
NOTICIAS FENEME X ASSOMAL

MOÇÃO DE APLAUSOS À FENEME.

A Associações dos Oficiais Militares de Alagoas – ASSOMAL orgulha-se cada dia mais de fazer parte da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais – FENEME.

O trabalho incansável e o apoio indescritível às instituições filiadas, em nível federal, refletem diretamente nas conquistas alcançadas pelas polícias militares de todo Brasil e a representatividade de mais de 40 associações de oficiais militares estaduais tem sido sinônimo de respeito e de reconhecimento por parte dos poderes do Estado.

Por tudo isso e pela recente participação significativa da FENEME no seminário “A legalidade da lavratura do TCO pela polícia militar”, em Alagoas, através do tenente coronel PMSC Jorge Eduardo Tasca, faço moção de aplausos a esta brilhante instituição, na pessoa do insigne presidente coronel PMSC Marlon Jorge Teza, ao tempo em que agradeço e parabenizo ao tenente coronel PMSC Tasca pela brilhante contribuição a lavratura do TCO no Estado de Alagoas.

Att.: ASSOMAL!

Divulgue em sua rede social