IMG-20170622-WA0027

Lei da Bengala – Presidente da Assomal participa de reunião para corrigir possíveis distorções que venham acarretar prejuízos as Corporações Militares.

O presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas – Assomal Tenente Coronel J. Cláudio, esteve reunido na tarde de hoje (22) na Assembléia Legislativa de Alagoas com o presidente da casa, o deputado Luiz Dantas e o vice- presidente deputado Francisco Tenório, para tratar do Projeto de Lei que altera o Estatuto da Policia Militar de Alagoas e legaliza a volta dos militares que saíram, ex-oficio para reserva remunerada por limite de idade. Se estendendo para homem; 62 à 65 anos , idade máxima do militar e para a mulher; 52 à 60 anos.

A reunião contou também com as presenças do comandante geral da PMAL coronel Marcos Sampaio, do presidente do conselho deliberativo da Cx. Beneficente coronel Goulart, do chefe e do subchefe da assessoria da ALE Coronel Paulo Amorim e o tenente coronel Liziário, do secretário da ASSOMAL major Paes e do presidente da Cx. Beneficente tenente Alberto.

Depois de muito diálogo, foi deliberado a formação de um grupo de estudo, que sentará com o autor da emenda deputado Francisco Tenório, na próxima segunda-feira(25), para um debate mais aprofundado e corrigir possíveis distorções que venham acarretar prejuízos as Corporações Militares.
Para o presidente J. claudio a reunião foi proveitosa. ” Foi possível, a partir da apresentação do descontentamento da maioria dos seus representados e dos prejuízos que a Lei poderá acarretar ao fluxo da carreira do militar e uma melhor prestação de serviço à sociedade, criar uma agenda positiva de discussão do Projeto no seio das corporações militares de forma ampla e transparente.” Diz o presidente.

Vale ressaltar que é dever do presidente da ASSOMAL manter-se vigilante para defender e resguardar os direitos coletivos de seus associados, sem distinção, do cadete ao coronel mais antigo associado, buscando sempre a legalidade e a transparência nas ações.
Lealdade, camaradagem e justiça são requisitos essenciais para um ambiente harmônico e salutar para uma boa convivência na corporação.

Att.: Ten Cel J. Cláudio – Presidente da ASSOMAL

Divulgue em sua rede social
WhatsApp Image 2017-06-22 at 08.22.59

Associações militares retomam diálogo de negociação salarial com o secretário de Panejamento, Gestão e Patrimônio- Seplag .

Os presidentes das associações militares de Alagoas e os comandantes gerais das corporações estiveram reunidos hoje (21) com a Seplag para apresentar a proposta de recuperação das perdas no escalonamento vertical para todas as categorias com base na Lei 3.421/74. A proposta será avaliada pela equipe de governo e debatida em um segundo momento, estabelecido para 18 de julho do ano corrente.

Na oportunidade, ficou decidido que o percentual de reposição anunciado pelo governo, na ordem de 6,29%, para todo o funcionário público, será aplicado os 3,15% nos vencimentos do mês de junho, podendo sair em folha Complementar ou em julho, retroativo a junho. Os outros 3,14% será aplicado no mês de dezembro.

Enquanto isso, as associações trabalham a correção das perdas sofridas pelas categorias, ao longo do tempo, no escalonamento vertical, que será construída e aplicadas ainda dentro da gestão do governo Renan Filho.

As Associações Militares de Alagoas (Assomal,  Assmal, ACS/AL,  Aspra,  ABMAL,  Assorpobom,  Arpmal,  UPM e Caixa Beneficente) agradecem a compreensão e o apoio de todos.

Divulgue em sua rede social